Na segunda-feira (6), o SindMetal-GO realizará a reunião do movimento “Frente Sindical” com deputados federais para discutir os prejuízos das Reformas Trabalhista e Previdenciária. A diretoria da entidade e demais dirigente sindicais pretendem pressionar os parlamentares para não aprovarem a proposta apresentada pelo presidente Michel Temer. A reunião ocorrerá na escola sindical do Sindicato.

Autoridades como o deputado Delegado Waldir e a presidente da Comissão do Direito Previdenciário e Securitário da OAB-GO, Delzira Menezes já confirmaram presença. A procuradora-chefe do Ministério Público do Trabalho de Goiás, Janilda Guimarães, também afirmou que comparecerá ao encontro. O SindMetal-GO tem se aliado à campanhas contra a Reforma porque tem a ciência de que estas medidas prejudicarão os trabalhadores e retirarão direitos conquistados.

Na  quinta-feira (2), o presidente do SindMetal-GO, Eugênio Francisco, se reuniu com o deputado Rubens Otoni para pedir apoio ao movimento. Eugênio afirmou ao parlamentar que o Sindicato, juntamente com outras entidades sindicais, não dará descanso para os políticos e não aceitará o voto positivo na votação da Reforma. Otoni confirmou presença na reunião de segunda-feira.

Foto: Reprodução/Internet