Setor de maior peso na economia, os serviços foram puxados em 2013 pelo desempenho dos transportes, que, sozinhos, corresponderam a cerca de 40% do crescimento alcançado em 2013 – 8,5%, ante 10% em 2012.

Um dos pilares dessa expansão foi o transporte aéreo, estimulado pelo maior acesso das classes mais baixas de renda e pelas promoções. Ao todo, o segmento de transporte avançou 10,8%.

Em 2013, porém, as companhias aéreas sofreram com o menor crescimento econômico, cortaram voos e aumentaram preços. Ainda assim, o IPCA apurou uma alta menor das tarifas em 2013 – 7,42%, ante alta de 26% em 2012.

Dentre os ramos de serviços, outro destaque, em 2013, foram os prestados às famílias, como alojamento e alimentação, cujo faturamento subiu 10,2%.

Os serviços profissionais, administrativos e complementares cresceram 8,1% em 2013. Os serviços de informação e comunicação subiram 6,9% e outros serviços se expandiram em 5,9%. Comunicação respondeu por 20% do crescimento do setor de serviços como um todo.

Fonte: O Popular