Com alto índice de discussão sobre a realidade vivida pela classe trabalhadora, o 69° Curso de Formação Sindical promovido pela diretoria do sindicato na terça-feira, 16 de agosto em sua sede acabou revelando uma experiência inédita vivida pelo operário Alaese da Silva Ribeiro que emocionou os demais participantes.

Alaese veio para a capital Goiana em busca de melhores condições de vida

Alaese veio para a capital Goiana em busca de melhores condições de vida

Após assistir a um vídeo sobre a exploração do trabalho infantil exibido pela coordenação o obreiro prestou o seguinte depoimento: “Aos dez anos de idade eu já ajudava meu pai no trabalho, quebrando coco e torrando farinha de mandioca na beirada do forno”, exatamente o conteúdo do vídeo. “Ninguém quer ver a própria família naquela situação”, conclui o operário que que trabalha como serralheiro na Carretas Rondon Ltda.

O eletricista da Mangels Industrial S.A., Osmir Miranda alerta que o governo manipula a população e deixa o pobre cada vez mais pobre e lembra um dito popular reiterado por sua mãe que, “dinheiro de trouxa é matula de malandro”. O curso teve a participação de 20 trabalhadores e foi realizado no período das 8h às 18h.

Osmir e sua colega de curso, Elaine, ilustram o que aprendeu no curso

Osmir e sua colega de curso, Elaine, ilustram a forma de ter um sindicato ideal para o trabalhador