A empresa preferiu optar pelo ACT do que esperar por decisão da Convenção Coletiva

Mais um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) foi firmado este ano pelo SindMetal-GO.  Desta vez as empresas JK Montagens, Cemix e Semi foram beneficiadas pelo ACT e já decidiram as cláusulas e índices de reajustes de 2011.


Trabalhadores da JK Montagens em assembleia com SindMetal-GO para decisão do AC

Dentre os itens do novo Acordo está a aprovação de um reajuste salarial de 10%, além de um auxílio-funeral que pode chegar até R$ 1.100 dentre as outras cláusulas expressas e mantidas pela Convenção.

A votação do novo reajuste aconteceu por voto secreto, sendo que 26 pessoas votaram a favor e 11  foram contra o novo índice – além de um voto que foi anulado.  

O torneiro mecânico Odivar Francisco da Cunha aprovou o índice. “Foi bom, eu estava esperando menos mas pra mim foi ótimo, melhor do que esperar pela convenção”, avalia.


Torneiro mecânico, Odivar Francisco da Cunha, ficou satisfeito com o índice de reajuste

Pablo Cândido discorda da opinião do seu colega de profissão. Para ele, o reajuste poderia ter sido maior do que o aprovado. “Foi insuficiente se você levar em conta o crescimento da Indústria no Estado de Goiás e também a inflação que tem sido crescente, eu acho que foi um valor um pouco desagradável para os funcionários. É uma classe que tem crescido bastante, mas o valor está muito aquém do que a gente merecia”, afirma.


Torneiro mecânico, Pablo Cândido acredita que a empresa poderia ter oferecido um reajuste maior

O Acordo passa a valer desde a aprovação e os trabalhadores receberão o valor reajustado retroativo ao mês de abril, mês da data base da categoria.

 

Veja também:

>> Assembleia Geral: categoria rejeita contraproposta feita por Simelgo

>> Diretoria do SindMetal-GO reúne-se para discutir Campanha Salarial

>> Acordo Coletivo de Trabalho é fechado entre SindMetal-GO e Arcontec

 

Fonte: Assessoria de Comunicação SindMetal-GO