A Assessoria de Base do SindMetal-GO, juntamente ao advogado da entidade, João Batista Camargo Filho, se reuniram hoje com os trabalhadores da  Dec Brasil.

A pedido da empresa, o Sindicato discutiu a possível implantação de um Banco de Horas. Mas, por meio de voto secreto, os empregados decidiram pela não aceitação dessa prática.

De acordo com a contagem, realizada logo após a votação, houve 66 votos contra a implantação do Banco de Horas, e oito votos a favor; contabilizando um total 74 votos.


Encarregado da Assessoria de Base, Anderson Gonçalves, se apresenta na portaria da empresa


Assessores de base entregam o jornal “O Metalúrgico” aos trabalhadores da Dec Brasil


Trabalhadores assinam lista de presença


O advogado João Batista explica os prós e os contras de um Banco de Horas


Empregados da Dec Brasil depositam seus votos na urna


Votos são contados pela Assessoria de Base do SindMetal-GO

Veja também:

>> Como funciona o Banco de Horas?