Aos que possuem conta bancária, o SindMetal-GO já fez o depósito. Aos que não tem conta em banco, o pagamento está sendo realizado na sede da entidade

Os empregados da empresa Brasmom já estão recebendo o dinheiro da indenização em razão da diferença por falta de reajuste do lanche que não ocorreu entre os anos de 2006 e 2007, mas é previsto em Convenção Coletiva de Trabalho.

O pagamento está sendo feito porque o SindMetal-GO, percebendo  o abuso por parte da empresa, resolveu ingressar com processo na Justiça do Trabalho pedindo a devida indenização.  Assim, o sindicato figurou como substituto processual na ação por se tratar de um direito coletivo e falta de cumprimento de cláusula convencional.

Como a sentença foi transitada em julgado, o dinheiro já está disponível para os 188 trabalhadores prejudicados na época. O montante bruto da condenação chega a quase R$ 200 mil. Aos trabalhadores que passaram suas contas bancárias ao SindMetal-GO, a entidade já fez o depósito. Os que não passaram ou não possuem conta em banco, o pagamento está sendo feito na sede do sindicato, com a apresentação do documento de identificação.

O ex-funcionário da Brasmom, Lauricio Pereira dos Santos que recebeu parte do montante, pois trabalhava na empresa época em que o equívoco aconteceu, está muito feliz com o dinheiro extra. “Eu fui um dos que tomou a iniciativa de procurar nossos direitos. Estou feliz porque se ganhamos é porque a gente merecia e veio na hora certa em que eu estou precisando pagar a prestação do lote que comprei porque está atrasada”, conta.


Com o dinheiro extra, Lauricio quer quitar a prestação atrasada do lote que comprou 

Elvis Silva também não faz mais parte do quadro de funcionários da Brasmom, mas recebeu o dinheiro com alegria. “Veio em uma boa hora. Nós trabalhamos sem o reajuste do lanche muito tempo. Então essa indenização foi muito justa e irá me ajudar”, diz.


Elvis Silva ficou muito feliz com a grana extra e diz que veio em boa hora

O presidente da entidade Roberto Ferreira acredita que são ações como essa que reforçam o trabalho do sindicato. “Sucesso como esse mostra o comprometimento do SindMetal-GO com os trabalhadores da categoria. Isso prova que o que fazemos é sério e muito valioso”, reforça.

 

Veja Também: 

> SindMetal-GO volta a oferecer cursos para os trabalhadores

> Metalúrgicos encerram greve depois de paralisação 24 dias

> Brasmom pagará quase R$ 200 mil de indenização de lanche a seus empregados

 

Fonte: Assessoria de Imprensa e Jornalismo do SindMetal-GO