Depois de muitas tentativas de negociação, funcionários resolvem partir para o último recurso

Os trabalhadores da empresa Brasmom, aprovaram por maioria dos votos um movimento grevista em razão ao não cumprimento das cláusulas reivindicadas para o novo Acordo Coletivo de Trabalho de 2011. A decisão ocorreu na tarde desta sexta-feira (20 de maio de 2011), em assembleia realizada na porta da empresa, no Pólo Agroindustrial de Goianira.


Trabalhadores, por meio de voto secreto, decidem a favor da greve na empresa Brasmom, em Goianira

A greve é o último recurso dos trabalhadores e se deu após inúmeras tantativas de negociar com os patrões que, de acordo com o presidente do SindMetal-GO, Roberto Ferreira, não obtiveram sucesso. “Fomos até a Superintendência Regional do Trabalho para negociar, mas eles ofereceram o mesmo índice do sindicato patronal, que já havia sido rejeitado pela categoria”, afima.

Reivindicações

Os trabalhadores da Brasmom reivindicam um reajuste salarial de 15%, além da regulamentação do lanche, reajuste de auxílio-funeral e a manutenção  das demais cláusulas do último Acordo Coletivo de Trabalho.

Com a aprovação da greve o sindicato deve tomar providências para garantir os direitos dos trabalhadores. “A categoria está mobilizada, o sindicato está organizado. Vamos fazer um movimento grevista dentro das leis”, garante Roberto Ferreira.

 

Veja também:

>> Conheça o que é Convenção Coletiva

>> O que é a data base?

>> Acordo Coletivo: SindMetal-GO realiza assembleia na Brasmom (Goianira)

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do SindMetal-GO