O levantamento refere-se às regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Salvador, São Paulo e ao Distrito Federal

A taxa de desemprego no país ficou estável em julho, em 10,9%, segundo a PED (Pesquisa de Emprego e Desemprego), realizada mensalmente pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) em conjunto com a Seade (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados) e divulgada nesta quarta-feira (28).

Em junho deste ano, a taxa ficara exatamente no mesmo patamar, de 10,9%. Na comparação com julho do ano passado houve uma leve expansão, pois naquele mês a taxa havia ficado em 10,7%.

O levantamento refere-se às regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Salvador, São Paulo e ao Distrito Federal.

O contingente de desempregados no conjunto das sete regiões foi estimado em 2,424 milhões de pessoas, número semelhante ao do mês anterior. Em julho do ano passado, eram 2,364 milhões de desempregados.

A população economicamente ativa (PEA) das sete regiões ficou em 22,250 milhões de pessoas, 107 mil mais que em junho.

Fonte: Folha On line