13/04/2016

A direção do SindMetal-GO se reuniu na manhã desta terça-feira, 12 de abril, com representantes do Sindicato das Indústrias de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de Goiás (Sindirepa), para discutir a viabilidade de firmar convenção coletiva dos trabalhadores em reparação automotiva de Goiânia e Região Metropolitana.

Os representantes do sindicato patronal classificaram o encontro como “informal”. Infantilmente, sem qualquer justificativa, se recusaram a assinar a lista de presença e se incomodaram com a cobertura da assessoria de comunicação do SindMetal-GO, como se tivessem algo a esconder. Eles disseram que uma assembleia com os associados será convocada na próxima semana para avaliar a pauta de reivindicações dos trabalhadores.

A situação é pouco favorável ao Sindirepa. Persiste na justiça uma disputa com o Sinpromego a fim de legitimar a base de representação no Estado de Goiás. O problema é antigo e já travou as negociações junto ao SindMetal-GO há cerca de cinco anos. Na época, uma convenção coletiva chegou a ser tabulada, mas a SRTE-GO não reconheceu o registro legal do Sindirepa no Ministério do Trabalho e a convenção não pôde ser fechada.