Após meses de uma negociação difícil, o SindMetal-GO insistiu e conseguiu aumento salarial de 4,68% para os trabalhadores metalúrgicos neste ano de 2019.

Os cenários políticos e econômicos não favoreceram as conversas com o sindicato patronal, que frustrou as expectativas da categoria ao colocar obstáculos no avanço dos benefícios dos trabalhadores. Foram quatro meses de reuniões e embates, até que se chegasse a um consenso.

Além do aumento salarial, o acordo fechado com o Simelgo vai manter os benefícios conquistados nas Convenções Coletivas dos anos anteriores e, com isso, os trabalhadores vão continuar recebendo o prêmio de assiduidade, ter a garantia de transporte, café da manhã e lanche.

O acréscimo será incorporado ao salário dos empregados na folha de pagamento de julho. Como a data-base da categoria venceu no último dia 1º de abril, o SindMetal-GO perseverou e conseguiu que as empresas paguem o retroativo dos meses de abril, maio e junho.

“Mesmo com todas as dificuldades, lutamos pelas grandes conquistas. Perder direito jamais será aceito”, garantiu o presidente do SindMetal-GO, Eugênio Oliveira.

A luta do sindicato é árdua e a crise econômica, o desemprego, a inflação e a alta dos juros estão atrapalhando ainda mais a valorização da categoria. O SindMetal-GO garante que vai continuar trabalhando firme em busca de uma sociedade mais justa, onde os trabalhadores sejam reconhecidos e tenham a vida que merecem. Sem desistir, vamos nos unir e buscar cada vez mais forças para lutar!