Uma história escrita com intenso trabalho, representatividade e grandes conquistas para os metalúrgicos

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Goiânia, completa nesta sexta-feira (13 de dezembro de 2013) mais um ano de fundação. São mais de quatro décadas de história e destaque dentro do sindicalismo brasileiro.  Ações e reações que transformaram a vida de milhares de pessoas envolvidas no mundo do trabalho no Brasil. 

Apesar de ter sido difícil muito difícil, o ano de 2013 deve ser comemorado pelos metalúrgicos de Goiânia e dos demais municípios que compõem a base de representação do SindMetal-GO. Os trabalhadores da categoria realizaram uma das mais importantes greves da história. Foram 24 dias de paralizações e como resultado, um aumento salarial de 9,5% na Convenção Coletiva, além de 26 Acordos  firmados diretamente com as empresas que chegaram até 17%.

Esses índices foram os maiores conquistados no país em 2013. Mais uma marca que enche de orgulho os metalúrgicos goianienses e representa mais um marco na dura escalada de uma luta insana do sindicato em favor dos trabalhadores. “Pelo quinto ano consecutivo conseguimos os maiores aumentos de salários no Brasil. Tudo isso, graças a união, conscientização e organização dos integrantes da classe e seu órgão representativo”, diz Roberto Ferreira, presidente da entidade.

Outro espetáculo e exemplo de democracia neste ano foi a realização da 29ª Semana de Prevenção de Acidentes na Área Metalúrgica, a SPAT. Sob o fogo cruzado do sindicato patronal e dos empresários do setor – perseguições políticas e retaliações – os metalúrgicos soltaram a voz e começou uma avalanche de denúncias de maus tratos, humilhações e das péssimas condições de trabalho que estão submetidos. 

Enfim, foi um ano de intenso trabalho, porém vitorioso em todos os aspectos O ano de 2014 já começou para nossa categoria. No dia 2 de dezembro foi protocolada a Pauta de Reivindicações junto ao Sindicato patronal. A Campanha Salarial da próxima data base já está planejada. “Estamos prontos para começar as negociações. No ano da Copa do Mundo no Brasil também queremos o hexa campeonato”, comenta Roberto Ferreira, presidente do SindMetal-GO.

E para marcar o dia, Roberto Ferreira faz um pronunciamento a todos os metalúrgicos. Clique aqui e confira a mensagem do presidente através da  TV SindMetal-GO .

Veja Também:

>Metalúrgicos participam do 50º curso de Formação Sindical

 

 

Fonte: Núcleo de Jornalismo e Assessoria de Imprensa