Para o sindicato dos trabalhadores, manter os direitos existentes da Convenção Coletiva é indispensável.