Serão homenageados 110 metalúrgicos associados há 25 anos e outros 19 sindicalizados há 50 anos

O Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul/RS realiza no próximo sábado, dia 21 de abril, Dia do Metalúrgico, a entrega de certificados em gratidão aos metalúrgicos com 25 e 50 anos de contribuição com a entidade. Serão homenageados 110 metalúrgicos associados há 25 anos e outros 19 sindicalizados há 50 anos.

A entrega de medalhas e diplomas de 50 anos (Ouro) e 25 anos (Prata) é uma forma de homenagear e agradecer aos trabalhadores que contribuem por tanto tempo com a construção de um sindicato forte, que é referência na luta classista do país. “Muitos não têm a sorte de somar esses anos como sócios, e são demitidos antes, mas estes que conseguiram merecem ser valorizados porque são metalúrgicos que sempre estiveram com o sindicato e acreditando na entidade e nas lutas da categoria”, afirma o tesoureiro-geral, membro da diretoria executiva do Sindicato, Werner Diehl.

Entre os sócios homenageados está o presidente licenciado do Sindicato, Assis Melo, que receberá o diploma e medalha pelos 25 anos de contribuição ao Sindicato. “Muitas vezes entreguei esta distinção para os colegas de profissão e agora serei homenageado. Para mim é uma honra fazer parte desta categoria e desta história de lutas por melhores condições de trabalho”.

O presidente em exercício da entidade, Leandro Velho, observa que os sócios homenageados devem servir de exemplo para todos os trabalhadores. “São pessoas que acreditaram na entidade e ajudaram a reforçar a categoria. Temos algumas lutas pela frente, como a campanha salarial deste ano, e vamos sempre nos espelhar nestes trabalhadores que nunca desistiram nem deixaram de acreditar”.

A entrega da distinção será realizada no sábado, dia 21, como forma de comemorar o Dia do Metalúrgico. O patrono dos metalúrgicos, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, líder da inconfidência mineira, seguia o princípio de “liberdade ainda que tardia”. Por isso, o inconfidente representa a luta e o anseio permanentes pela liberdade do homem, contra a opressão e a tirania e contra a exploração das riquezas.

O evento será realizado na sede da Grêmio Esportivo Gianella (Rua Matheo Gianella, 1512, térreo, bairro Santa Catarina, em frente à Casa de Pedra), a partir das 10h30.

Fonte: Mundo Sindical