Nesta terça-feira, 25 de agosto, o Senado aprovou o aumento salarial de 41% dos servidores do Ministério Público da União e do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). O relator da proposta, senador Valdir Raupp, reajustou o texto que apresentava um índice de 59,49%. O aumento será parcelado: 9,28% em 2016, 9,27% em 2017, 8,81% em 2018 e 8,40% em 2019.

O projeto, por ter sofrido alterações, retornará para uma nova análise dos deputados antes de ser sancionado pela presidente Dilma Rousseff. Segundo o Ministério do Planejamento, o ajuste salarial, caso entre em vigor, causará um impacto de R$ 916,6 milhões nos cofres públicos.

O Governo se diz favorável ao novo texto apresentado já que, pelo reajuste, os gastos se tornariam menores e compatíveis com as finanças públicas. O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, declarou que a proposta é um acordo feito com a categoria.