O projeto prevê atender cerca de 200 empresas em todo País

Aprimorar a capacidade produtiva, melhorar a gestão empresarial e consequentemente ampliar a produção, a competitividade e as relações comerciais das micro e pequenas empresas cearenses (MPE´s) com grandes empresas demandadoras de produtos e serviços são alguns dos objetivos do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores, que o Sebrae Ceará e a Gerdau lançam às 18h 30min,desta quarta-feira, em Fortaleza. Com prazo de execução de 18 meses, estabelecido até dezembro de 2013, o projeto prevê atender cerca de 200 empresas em todo País, sendo 40 micro e pequenos negócios beneficiados no Ceará.

Orçado em R$ 430 mil, informa Cristina Rocha Alencar, gestora Estadual da Unidade de Acesso à Inovação e Tecnologia do Sebrae/CE, o projeto terá os custos divididos entre as partes. O Sebrae-CE cobrirá 50%, a Gerdau, 12,5%, cabendo às MPEs, contrapartida de 37,5%, a ser rateados entre os participantes.

Dessa forma, a um custo de apenas R$ 4 mil, as MPEs terão completo acompanhamento gerencial por parte de consultores treinados pelo Sebrae-CE, “in loco”, dentro das próprias empresas, por um período de 18 meses. O processo inicia-se com a adesão das empresas, após o que serão definidas as visitas para realização de diagnósticos financeiro, gerencial, comercial e produtivo etc de cada uma. “O objetivo é identificar gargalos, dificuldades produtivas de cada empresa, para que sejam apontados os rumos necessários”, diz Cristina.

Fonte: Diário do Nordeste