São nos primeiros meses do ano que os profissionais se mostram mais animados em buscar uma forma de incrementarem a carreira e, dentre as possibilidades existentes, a pós-graduação é a mais lembrada na hora de fortelecer o currículo. Pesquisa realizada pela Trabalhando.com verificou que 96% das pessoas querem investir na vida profissional em 2014. Dentre eles, 56% pretendem optar por uma especialização.

A opinião dessa parcela de entrevistados mostra que ela está totalmente antenada com o que o mercado tem exigido constantemente. Segundo a diretora da A3 Gestão de Pessoas, Alessandra Luzine, as empresas têm buscado cada vez mais, nos candidatos, especificidades que não são adquiridas somente nos cursos de graduação.

A partir de uma especialização, afirma, o profissional tem a oportunidade de adquirir e acelerar uma consistência técnica e teórica que vai capacitá-lo a se posicionar de maneira eficaz frente a diversas situações do dia a dia corporativo. Para profissionais jovens, que ainda não têm uma bagagem de experiência competitiva, a pós-graduação é fundamental para torná-los competitivos e até diferenciados num processo seletivo.

“As empresas estão abrindo mão de experiência, mas não dessa consistência técnica. A pessoa deve encarar a pós-graduação como um exercício prático ou simulado de uma situação que pode ocorrer na empresa em que ele atua ou vai atuar”, explica Alessandra.

Mas para isso, é preciso fazer uma escolha coerente do curso. O profissional deve ter em mente qual a área de atuação vai escolher e em que posição quer chegar. Só assim, ele saberá selecionar, entre diversas especializações, qual a opção vai lhe trazer o retorno esperado. Tudo faz parte da construção da carreira.

O diretor-geral da Trabalhando.com, Caio Infante, acrescenta ainda que cursar uma especialização fortalece para as empresas a postura que este profissional adotou frente ao mercado. “Ter uma pós-graduação mostra que o profissional foi atrás de conhecimentos específicos de sua área”, frisa.

Para Alessandra Luzine, optar por uma formação continuada vai além do acúmulo de títulos. “Escolher uma pós-graduação já é uma realidade de uma geração de 30, 32 anos que tem clareza de onde quer chegar e busca esse movimento de complementar sua formação. Mas é uma escolha importante também para a vida pessoal, para que o profissional possa aproveitar melhor sua carreira, seja mais produtivo e se sinta mais realizado e feliz”, completa.

EM ALTA

Duas áreas de especialização são citadas pela diretora da A3 como diferenciais atualmente no mercado de trabalho. Gestão de negócios pode ser tornar uma preparação importante cargos gerenciais e para que o profissional se fortaleça como uma peça estratégica para o planejamento e direcionamento das empresas.

Alessandra também cita a área de gestão de pessoas, que capacita o profissional no melhor aproveitamento dos colaboradores, tornando a equipe mais eficiente, além de atuar no recrutamento e gerenciamento de talentos humanos das empresas

Fonte: O Popular