O presidente do SindMetal-GO, Roberto Ferreira, recebeu na sede da entidade nesta sexta-feira, 10 de outubro, uma equipe de fiscais da vigilância sanitária estadual. A reunião serviu para discutir as principais queixas dos trabalhadores da categoria com relação á saúde e ambiente de trabalho, além de reforçar a parceria com o órgão. 


Reunião define estratégias para reforçar apuração de denúncias

De acordo com uma das integrantes da equipe de vigilância, a psicóloga Virginia Célia, a união das duas entidades será de grande valia. “Nós queremos trabalhar em parceria, pois entendemos que é ela quem vai trazer à coletividade aquilo que se refere á saúde do trabalhador no estado de Goiás”.


Presidente do SindMetal-GO e equipe citam queixas mais comuns do trabalhadores

Segundo o presidente do SindMetal-GO, a união com o órgão é algo que a diretoria da entidade já buscava há tempos. “Existe uma falta de cuidado muito grande dos empresários para com o ambiente de trabalho” conta ele. “Problemas auditivos por conta do ruído, doenças mentais decorrentes do assédio moral, entre outros, são comuns na área metalúrgica e podem provocar danos irreversíveis aostrabalhadores. O sindicato quer atuar tanto na fiscalização quanto na prevenção” completa.


Veja também:
 
 
 
 
 
Fonte: Núcleo de Jornalismo e Assessoria de Imprensa