Mais um ano vai começar em breve, o que leva muita gente a fazer um balanço do que passou e a planejar esse futuro que bate à porta. Mas algumas mudanças de atitude são necessárias para que 2015 realmente seja um ano diferente profissionalmente para muitas pessoas. Um dos pontos principais deve ser a busca pela otimização do tempo no trabalho, melhorando a produtividade, o que pode trazer muitos benefícios no âmbito profissional e pessoal.

Saber utilizar o tempo a seu favor é um grande diferencial para os profissionais, independente a área de atuação. “São grandes os resultados que se tem com a capacidade de organizar bem as ações no serviço, produzindo adequadamente dentro dos horários de trabalho, evitando horas extras e dando os retornos necessários”, adverte o consultor empresarial Ricardo Barbosa, presidente da Innovia Training e Consulting, que atua nas áreas de gerenciamento e integração de programas de educação executiva e consultoria empresarial.

Quem conseguir fazer algumas mudanças de atitude e rotina (veja quadro), com certeza sairá na frente. Ricardo Barbosa lembra que as dificuldades para um profissional se adequar a esta demanda de mercado são muito grandes. Ele explica que estabelecendo bem esta relação com o tempo, o profissional terá muito mais tempo para sua vida pessoal, caindo com o mito de que o colaborador dedicado é o que só pensa no trabalho. “Ser workaholic não é bom, pois afeta diretamente a saúde, família e qualidade de vida”, alerta.

José Roberto Marques, fundador e presidente do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), lembra que a produtividade é algo altamente valorizado dentro das organizações. Isso porque profissionais produtivos executam suas atividades com maior maestria e produzem muito mais resultados. Porém, apesar de almejada, a produtividade precisa ser desenvolvida diariamente, estimulando a criatividade, aceitando novos desafios, cultivando o trabalho em equipe, trabalhando com amor, separando demandas e definindo prioridades.

BOM AMBIENTE

Um levantamento qualitativo da Arquitetura Humana, consultoria especializada em gestão estratégica de pessoas, realizado ao longo do último ano, revelou que a baixa produtividade do brasileiro impede o crescimento do País, segundo os especialistas de recursos humanos e que boa parte da desmotivação do profissional está relacionada ao clima no ambiente de trabalho. Por isso, o presidente da Arquitetura Humana, Elmano Nigri, faz um alerta aos empregadores: também é importante que as pessoas trabalhem em ambientes que proporcionem aprendizagem e desenvolvimento profissional para serem mais produtivas.

Ao contrário do que muita gente pensa, ser mais produtivo não significa trabalhar mais. Pelo contrário, significa ser mais eficiente para conseguir ter mais tempo para lazer por ter concluído suas tarefas. Em 2015, uma das principais dicas dos especialistas é transformar em rotina fazer o planejamento do seu dia e da sua semana. É importante fazer uma lista de tarefas para cada dia da semana, ordenando por prioridade e com um tempo estimado para cada uma. No final do dia, faça uma revisão. Quando você repete um hábito, sente necessidade de inovar. Inevitavelmente, a sua produtividade deve aumentar.

Fonte: O Popular