Os protestos começaram já na madrugada e afetam o transporte público, estradas e acesso por todo o Brasil

Um protesto realizado nesta sexta-feira por centrais sindicais deve atrasar em uma hora a abertura de agências bancárias que ficam próximas às regionais das entidades em São Paulo.

Segundo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, serão afetadas unidades no centro da capital, nas avenidas Faria Lima e João Dias, em Osasco entre outras.

O ato faz parte de mobilização nacional contra um projeto de lei sobre terceirização e o fim do fator previdenciário, além da redução da jornada de trabalho.

Os protestos começaram já na madrugada e afetam o transporte público, estradas e acesso por todo o Brasil.

Na capital paulista, os manifestantes se encontrarão no vão livre do Masp, na avenida Paulista, por volta das 15h.

Além de bancários, o protesto deve contar com a participação de professores municipais e estaduais de São Paulo e metalúrgicos do ABC.

 

Fonte:Folha Online