Equipe do SindMetal-GO colheu propostas que serão apresentadas em reunião com empregadores

Ocorreu na desta segunda-feira, 22, reunião com os trabalhadores da Móveis Andrade para colher reivindicações e montar a pauta  para o Acordo Coletivo de Trabalho. Plano de saúde, cesta básica e reajuste salarial de 10% foram as principais solicitações entre os 56 empregados presentes. Com a pauta de reivindicações em mãos, a equipe do Sindicato deve se reunir com a diretoria da empresa e negociar os pedidos.

Os trabalhadore aproveitaram para tirar dúvidas sobre as atividades do Sindicato e os objetivos da entidade para 2018

O presidente do SindMetal-GO, Eugênio Francisco, acompanhou a reunião e aproveitou o momento para explicar a posição do sindicato patronal em não querer renovar a Convenção Coletiva de Trabalho 2018. “Vamos focar nos Acordos Coletivos e chamar os empresários para negociar. Com o descaso do SIMELGO, realizar negociação direto com o empregador será mais vantajoso para o trabalhador.”

Sem negociação com SIMELGO, Sindicato foca em acordo coletivo

Durante o encontro, os trabalhadores aproveitaram para tirar dúvidas sobre as atividades e os objetivos da entidade para 2018. A pauta, que já está montada, aguarda aprovação dos advogados do SindMetal-GO para ser levada à mesa de negociação. A reunião deve acontecer na tarde desta quarta-feira (24).

Empregados que não eram sindicalizados puderam se filiar a entidade