O preço médio de venda dos imóveis terminou o ano de 2015 com alta de 1,32%, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Esta foi a menor alta anual registrada pelo FipeZap, cuja série histórica foi iniciada em 2010. Como a inflação esperada para o IPCA (IBGE) no período é de 10,72%, o preço médio anunciado do metro quadrado apresentou

queda real de 8,48% no ano passado. Em 2014, o aumento do preço médio foi de 6,7%, considerando as 20 cidades pesquisadas.

Assim, os preços dos imóveis chegaram ao final do ano com aumento em ritmo menor que os demais preços da economia – isto é, em queda real.

Todas as 20 cidades registraram variações inferiores à inflação em 2015, sendo que Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro, Brasília e Niterói apresentaram queda nominal de preços no período.Já na passagem de novembro para dezembro de 2015, o indicador, que ficou estável, registrou queda nominal de preços em 7 das 20 cidades pesquisadas: Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Curitiba, Niterói e Contagem. Por outro lado, Goiânia foi a cidade com a maior variação nominal.

O valor médio anunciado do metro quadrado das 20 cidades em dezembro foi de R$

7.613.

Rio de Janeiro se manteve como a cidade com o m² mais caro do país (R$ 10.438), seguida por São Paulo (R$ 8.619). Já Contagem (R$ 3.546) e Goiânia (R$ 4.217) registraram o menor preço por m².

Fonte: G1