Ancorada em políticas “inadequadas” e por vezes “inconsistentes” a economia mundial ainda enfrenta uma situação de marasmo, sem encontrar o caminho do crescimento sustentável após a crise de 2008. Em relatório divulgado ontem a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (Unctad) prevê que o mundo crescerá 2,7% este ano – ante 2,3% em 2013 .

A piora da expectativa da agência vem da constatação de taxas de crescimento menores na Europa e América Latina, o efeito da epidemia de Ebola em países africanos e os conflitos entre a Rússia e seus vizinhos e no Oriente Médio.

O relatório projeta que o País cresça 1,3% este ano, enquanto cálculos do setor privado para o desempenho do PIB minguaram para 0,48% e o próprio governo deverá reduzir sua estimativa de 1,8% para algo entre 0,5% e 1%.

Fonte: O Popular