População de Aparecida é alertada a prevenir deficiências

Acidentes de trabalho estão entre as principais causas de sequelas

Na última sexta-feira, 02 de dezembro de 2011, a população de Aparecida de Goiânia foi alertada sobre a prevenção de deficiências. Durante todo o dia, a Secretaria de Saúde do município esteve na Praça da Matriz, distribuindo materiais educativos e realizando serviços médicos, como o aferimento de pressão e testes de glicemia.

O evento ocorreu na véspera do Dia Internacional do Deficiente Físico, 3 de dezembro, que foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) para conscientizar e mobilizar cidadãos de todo o mundo em prol de ações que beneficiem pessoas com deficiência.


Cidadã recebe atentdimento de aferimento de pressão e teste de glicemia

De acordo com a coordenadora do Centro de Reabilitação de Aparecida de Goiânia, Carolina Rodrigues Almeida, muitos acidentes de trabalho levam a deficiências. “Os trabalhadores não gostam de usar os equipamentos de proteção e adquirem sequelas por causa desse descaso com a saúde”, diz.

Acidente de trabalho

Durante o evento promovido pela prefeitura, Valdenor Rodrigues Chaves, um sobrevivente de acidente de trabalho contou sua história e mostrou que é possível superar as dificuldades. “Eu fui vítima de uma descarga elétrica de 13800 V, e perdi os dois braços e uma perna. Para superar, eu comecei a tocar bateria.”


Valdenor Rodrigues faz palestra motivacional para população de Aparecida


Valdenor toca bateria e encanta população na Praça da Matriz

Para o morador de Aparecida, José Ailton de Souza, a iniciativa de realizar o evento foi muito boa. “Eu vim aqui para fazer a prevenção. Quem cuida da saúde, cuida de si mesmo”, afirma.

O secretário de saúde do município, Paulo Rassi, disse que o objetivo da ação foi “evitar que alguém tenha alguma deficiência, seja ela durante a gravidez, ou por causa de acidentes domésticos ou de trabalho. Afinal, prevenir é melhor do que remediar”.

Medidas preventivas

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 70% das deficiências podem ser evitadas. Além de usar equipamentos de proteção durante o trabalho, prevenir acidentes domésticos, e ter educação no trânsito, existem outras medidas que evitam deficiências. Os problemas congênitos, por exemplo, muitas vezes são causados por falta de acompanhamento pré-natal.

Outros problemas podem ser evitados fazendo-se exames para diagnosticar hipertensão e diabetes, que são doenças silenciosas, mas que podem levar a sérias consequências, como amputações de membros.

Veja também:

>> Cesta básica está mais cara neste fim de ano

>> Aparecida: Obra do novo Terminal Garavelo recebe vistoria da CMTC

>> 31º Curso de Formação Sindical é encerrado com sucesso

Fonte: Assessoria de Comunicação do SindMetal-GO

Deixe um comentário