“Assédio Moral no Trabalho” é debatido no segundo dia de Spat

Tema gerou muitas questões dos trabalhadores

Nesta terça-feira (8 de novembro) e segundo dia da Semana de Prevenção de Acidentes do Trabalho na Área Metalúrgica, o professor Roberto Heloani ministrou palestra sobre o tema Assédio Moral no Trabalho. O painel teve a intenção de esclarecer dúvidas que ainda atingem os trabalhadores sobre o assunto.

Roberto Heloani afirmou que o assédio moral é uma prática que vem crescendo a cada ano, em todas as categorias, e que este acréscimo só está acontecendo pois não é denunciado, ou seja, não é combatido. Ele ainda revelou que as pessoas que sofrem este tipo de assédio podem sofrer depressão, problemas familiares e até o pior, tentarem suicídio.


Professor Roberto Heloani fala sobre o assédio moral no trabalho

O palestrante divulgou ainda um dado que alarmou os participantes: o assédio moral ocorre mais contra as mulheres, os negros e homossexuais. “Quando o assédio moral é banalizado, a violência contra a pessoa passa a ser normal”, alerta.

Amanhã, quarta-feira (9 de novembro), está programada uma mesa-redonda com médicos especializados que debaterão o tema Doenças respiratórias, como evitá-las.

Veja também:

>> Começa a 27ª Spat

>> Confira a programação completa da 27ª Spat

>> SindMetal-GO realiza 14º Curso de Legislação Trabalhista

Fonte: Assessoria de Comunicação do SindMetal-GO

Deixe um comentário