O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Materiais Elétricos de Goiânia e região metropolitana (SindMetal-GO) repudia veemente atitudes violentas, especialmente os atos de violência ocorridos na greve geral do último dia 28 de abril, seja por parte da segurança ou por parte de alguns participantes do ato. Felizmente, nós, brasileiros, reaprendemos a ir às ruas lutar pelos nossos direitos, ressaltando que, no momento político atual em que vivemos, se faz ainda mais necessário que toda a população brasileira se mobilize no sentido de lutar pela manutenção dos direitos já conquistados por meio de lutas históricas dos trabalhadores brasileiros.

Ainda, o SindMetal-GO esclarece que participou ativamente da greve geral ocorrida no dia 28 se comprometendo com tal movimento, inclusive para evitar atos de vandalismo e violência por parte de qualquer dos sindicalistas e trabalhadores da base territorial abrangida pelo SindMetal-GO. Porém, tendo em vista que o ato foi aberto ao público em geral, atos de violência ocorreram, mas não por parte de nenhum dos dirigentes sindicais e trabalhadores que estavam à frente do movimento. Neste momento, é necessário a averiguação dos fatos e a consequente punição severa dos responsáveis por tamanho ato de violência.

Goiânia, 02 de maio de 2017.