Com o objetivo de aproximar os trabalhadores ao sindicato para a Campanha Salarial de 2016, e da realidade da negociação coletiva de trabalho, foi realizado na última terça-feira, 1º de dezembro, o 64º Curso de Formação Sindical, promovido pela Assessoria de Educação e Formação do SindMetal-GO. Com o tema “Negociação Coletiva de Trabalho no Brasil”, o evento contou com a participação de 19 metalúrgicos de Goiânia e da Região Metropolitana. 


Participantes com certificados ao final do 64º Curso de Formação Sindical

As atividades, realizadas durante todo o dia, buscaram elucidar conceitos básicos do meio sindical, que, muitas vezes, são desconhecidos pelos operários, como política salarial, data-base e dissídio coletivo. Os coordenadores motivaram debates entre os participantes, abordando a história da criação dos sindicatos no Brasil e as funções das entidades sindicais.

Na parte da tarde, ocorreu o momento de colocar em prática os conhecimentos adquiridos. Divididos em dois grupos, representando as classes trabalhadora e patronal, os trabalhadores simularam uma mesa de negociação, executando as fases comuns do diálogo entre empresários e empregados, como a apresentação da pauta de reivindicações e de contraproposta, por exemplo.


Divididos em dois grupos, representando empregados e patrões, os participantes do 64º Curso de Formação Sindical simularam uma mesa de negociação

De olho na data-base da categoria, que é em 1º de abril de 2016, os operários saíram do curso ainda mais capacitados a lutarem pelos seus direitos e participarem da Campanha Salarial. De acordo com Cairo Oliveira, que atua como montador na empresa Calaça Náutica, se inteirar sobre as negociações salariais é fundamental. “A gente fica esperando o aumento e nem sabe de que forma ele chega até a gente. É muito importante saber o que acontece”, afirma.