É o que está alegado pelos empregados. O comunicado chegou ao conhecimento do sindicato, que já expediu notificação à empresa para regularizar essa situação e cumprir o disposto na cláusula nove da Convenção Coletiva da categoria. O fornecimento do café da manhã e do lanche da tarde foi fruto de negociação entre os sindicatos representativos de patrões e empregados e deve ser fornecido gratuitamente. 

E não para por aí. Além de comprar o próprio lanche, o trabalhador alega também que a empresa faz uma manobra para fugir da responsabilidade de pagar as horas extras. Outros funcionários da empresa estariam registrando o cartão de ponto dos empregados do chão de fábrica, enquanto eles trabalham, para que a jornada excedente não seja computada.

O presidente do SindMetal-GO, Eugênio Francisco, lembra que existem vários  meios de se fazer a denúncia. “O trabalhador pode telefonar para o número (62) 3224 7277 ou ainda apresentar sua denúncia pelo WhatsApp, no (62) 8177-0071”, esclarece. O sigilo de quem fez a denúncia será mantido pela entidade.