O Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região completa em 2013 dez anos de ganho real dos salários na base. O acumulado é de 32,62%. A categoria também fecha o ano com Participação nos Lucros e/ou Resultados (PLR) de R$ 84 milhões, alta de 12% sobre 2012. E o abono de 20 e 22% do salário significa mais R$ 31,8 milhões no bolso dos 55 mil trabalhadores.

Os dados foram divulgados em coletiva de imprensa concedida pela entidade na segunda (16), com maciça participação da imprensa. No evento, o Sindicato lançou o livreto “Conquistas dos Metalúrgicos 2013”, onde presta contas do trabalho social, lutas por fábrica, atividades esportivas e ação da entidade por melhoria nos bairros.

Alcance – José Pereira dos Santos, presidente do Sindicato, afirma: “A ação sindical beneficia diretamente a categoria. Mas tem reflexos positivos na coletividade, que reforçam a ideia de que o movimento sindical atua a favor do progresso, do desenvolvimento e da justiça social”.

Metas – O sindicalista adiantou que a meta principal da entidade em 2014 será a conquista da jornada de 40 horas semanais. O Sindicato já enviou 100 cartas a empresas cobrando início de negociações.