Diante da greve geral, empresários decidem firmar acordo antes da paralisação

O SindMetal-GO firmou mais um acordo coletivo de trabalho. Em assembleia realizada no final do expediente desta segunda-feira, dia 10 de junho, os empregados da EMA Brasil aprovaram a contraproposta da empresa de 12% de aumento salarial.


Empregados da EMA Brasil reúnem-se para apreciar contraproposta

Durante uma divulgação realizada pelo Comando de Greve na última sexta-feira, dia 7 de junho, no Distrito Agroindustrial de Aparecida de Goiânia (DAIAG), os empresários aproximaram-se e pediram para conversar sobre o acordo. A intenção era evitar que a greve chegasse até a metalúrgica.


Metalúrgicos votam contraproposta da direção da EMA Brasil

A reunião foi realizada na manhã de segunda-feira, dia 10 de junho, na sede da empresa. No final do expediente do mesmo dia, o Comando realizou assembleia com os empregados da EMA Brasil, a fim de votar o índice. O percentual foi aprovado, concretizando mais uma vitória para a categoria metalúrgica.


Presidente do SindMetal-GO, Roberto Ferreira, anuncia aprovação do percentual

A greve geral continua com a paralisação do Polo Empresarial Goiás, em Aparecida de Goiânia, onde várias empresas já estão com suas atividades paralisadas. “Os próximos dias serão decisivos. A categoria está mostrando que está unida e consciente e, por isso, nós acreditamos que a conquista virá no final deste movimento”, argumenta Roberto Ferreira, presidente do SindMetal-GO.

Leia mais:
>> Empregados da Nissei Montagem garantem novo maior aumento da categoria, em 2013
>> SindMetal-GO firma mais um acordo coletivo de trabalho
>> Greve apresenta resultados: mais dois acordos são firmados

Fonte: Assessoria de Comunicação SindMetal-GO