Para a maioria dos inadimplentes, ficar com o nome sujo é recorrente: segundo pesquisa da Boa Vista SCPC, 67% dos consumidores volta a ficar com dívidas em atraso em até um ano depois de limparem o nome. O levantamento avaliou as exclusões e inclusões na base de dados do serviço de maio de 2014 a maio de 2015.

Muitos voltam a ficar inadimplentes pouco tempo depois de regularizar as dívidas: 35,9% dos consumidores excluídos do serviço voltam à listagem nos três meses seguintes.

Segundo a Boa Vista, a reincidência na inadimplência aumentou no último ano. No período de maio de 2013 a maior de 2014, a taxa havia ficado em 56,7%.

“O leve crescimento dessa taxa não é surpreendente, dada a atual conjuntura macroeconômica. Fatores como a piora no mercado de trabalho, os juros em alta e a o orçamento das famílias mais apertado tendem a ser preponderantes no resultado da inadimplência este ano. Por outro lado, a contenção do crédito tanto pela maior seletividade dos bancos como pela queda da demanda pode ser um fator que está contribuindo para que esta taxa de reincidência não esteja ainda mais alta”, diz a entidade em nota.

Fonte: G1