A maioria dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral se manifestou favorável à continuidade da ação apresentada pelo PSDB que pede a impugnação dos mandatos da presidente Dilma Rousseff e do vice Michel Temer. Os ministros Luiz Fux e Henrique Neves votaram pelo andamento do processo nesta terça-feira, 25 de agosto. Eles se juntam a Gilmar Mendes de João Otávio de Noronha, que também votaram de forma favorável em sessões anteriores.

A ministra Luciana Lóssio pediu mais tempo para avaliar a ação antes de se manifestar. Somente a relatora, Maria Thereza de Assis Moura, votou pelo arquivamento. Ainda não há previsão sobre a retomada do julgamento. Até lá, os ministros podem mudar o voto.

Entenda

A ação do PSDB relata que houve abuso de poder político, econômico e fraude na campanha do PT para a presidência em 2014. O partido afirma que tais condutas tornariam ilegítima a eleição de Dilma. A acusação mais grave aponta “financiamento de campanha mediante doações oficiais de empreiteiras contratadas pela Petrobrás como parte da distribuição de propinas”.