Interrompendo uma sequência de dois meses com resultados positivos, os indicadores industriais de maio, na sua maioria, registraram queda em relação ao mês anterior

Interrompendo uma sequência de dois meses com resultados positivos, os indicadores industriais de maio, na sua maioria, registraram queda em relação ao mês anterior. Segundo dados divulgados na tarde desta segunda-feira, 08, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a série dessazonalizada aponta que a utilização da capacidade instalada ficou em 82,2% em maio ante 82,9% em abril. Em maio de 2012, era de 82,1%.
As vendas reais da indústria caíram 0,5% em maio ante abril, mas subiram 6,1% ante maio de 2012. No acumulado de janeiro a maio, as vendas reais avançaram 6,2% na comparação com os cinco primeiros meses de 2012.
As horas trabalhadas na indústria tiveram queda de 3,6% em maio ante abril e recuo de 1,3% em relação a maio de 2012. No ano, as horas trabalhadas não tiveram variação, com estabilidade em relação ao mesmo período do ano passado.
No emprego, a indústria mostrou uma queda de 0,2% em maio ante abril e alta de 0,4% em relação a maio de 2012. No ano, o emprego industrial registra um aumento de 0,5% ante igual intervalo do ano anterior.
A massa salarial real apresentou aumento de 0,5% em maio ante abril e de 3% em relação a maio de 2012. No acumulado do ano, a massa salarial real subiu 2% ante janeiro a maio de 2012.
 

Fonte: DM (GO)