Dos 21 itens componentes, treze apresentaram reduções em suas taxas de variação

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) de 15 de abril de 2011 desacelerou para 0,83% – taxa 0,06 ponto percentual abaixo da verificada na última apuração. O levantamento foi divulgado nesta segunda-feira (18).

Exerceu influência sobre o resultado o grupo alimentação, cuja taxa de variação passou de 1,50% para 1,10%. Dos 21 itens componentes, treze apresentaram reduções em suas taxas de variação. Os destaques ficaram com hortaliças e legumes (de 8,86% para 5,83%), frutas (de 0,56% para -1,02%) e pescados frescos (de 4,77% para 4,49%).

Na contramão, tiveram aceleração os preços de transportes (de 1,49% para 1,71%), despesas diversas (de 0,16% para 0,34%), educação, leitura e recreação (de 0,34% para 0,48%), saúde e cuidados pessoais (de 0,73% para 0,81%) e vestuário (de 1,03% para 1,08%). O grupo habitação apresentou a mesma taxa de variação apurada na semana anterior, 0,35%.

Fonte: G1.com