O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), também conhecido como inflação do aluguel, porque é usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, avançou menos no início de abril. De 0,43% na primeira semana de março para 31% no mesmo período de apuração do mês seguinte.

Usado no cálculo do IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que calcula os preços no atacado, desacelerou de 0,45% para 0,36%.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), conhecido como inflação do varejo, passou de 0,44% na primeira semana de março para 0,27% na mesma prévia deste mês. Das oito classes de despesa que integram o índice, o grupo despesas diversas foi o que teve a maior desaceleração (de 2% para 0,04%).

Fonte: G1