O crescimento de 0,5% da produção industrial entre fevereiro e março deste ano reforça os sinais de que até agora o BC não teve êxito na missão de esfriar a economia

Rio de Janeiro- O crescimento de 0,5% da produção industrial entre fevereiro e março deste ano reforça os sinais de que até agora o BC não teve êxito na missão de esfriar a economia e já eleva as projeções de analistas para o PIB – que deve crescer 1,2% no primeiro trimestre, segundo a MB Associados.

Após dois trimestres estagnado, o setor fabril voltou a crescer nos três primeiros meses de 2011 e recuperou seu nível recorde de produção. Tal patamar não era registrado desde março de 2010, quando vigorava a redução do IPI para veículos e eletrodomésticos. A indústria encerrou o primeiro trimestre com alta acumulada de 1,3% em relação ao mesmo período de 2010.

Para o economista Carlos Thadeu de Freitas, ex-diretor do BC, a resistência do setor fará o banco prolongar o período de aumento dos juros.

 

Fonte: O Popular