É a terceira variação negativa consecutiva do indicador

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) diminuiu o ritmo de deflação, ao passar de queda de 0,74% em junho para recuo de 0,61% em julho, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta quarta-feira, 30. É a terceira variação negativa consecutiva do indicador. O resultado do IGP-M de julho ficou acima do teto do intervalo das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados pelo AE Projeções, que vão de quedas de 0,41% a 0,56%. 

Entre os três indicadores que compõem o IGP-M, o IPA-M saiu de queda de 1,44% em junho para -1,11% em julho. Na mesma base de comparação, o IPC-M desacelerou de alta de 0,34% para 0,15%. O INCC-M também reduziu o ritmo de alta de 1,25% para elevação de 0,80%. A variação acumulada do IGP-M no ano até julho é de 1,83% e, em 12 meses, de 5,32%. 

 

Agropecuária

Os preços dos produtos agropecuários no atacado caíram 2,66% em julho, após registrarem queda de 3,73% em junho. Já os preços de produtos industriais recuaram 0,53% ante declínio de 0,55% em no mês anterior.

Os preços dos bens intermediários recuaram 0,26% em julho ante variação negativa de 0,34% em junho, enquanto a variação dos bens finais foi negativa em 0,71%, após retração de 1,53% no mês anterior. Os preços das matérias-primas brutas recuaram 2,60% ante queda de 2,63%, na mesma base de comparação.

O Índice de Preços ao Produtos Amplo (IPA) apresentou retração de 1,11% em julho depois de recuar 1,44% em junho. O IPA acumula aumentos de 0,32% no ano e de 4,52% nos 12 meses até julho.

Fonte: O Popular