O valor pago pelos brasileiros neste ano em impostos alcançou R$ 1,3 trilhão por volta das 16h desta terça-feira (25), segundo o “Impostômetro” da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). No ano passado, o mesmo valor foi alcançado apenas no dia 10 setembro de agosto – o que aponta aumento da carga tributária, que tem gerado mais custos a empresas e cidadãos, segundo a ACSP.

Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo, afirma que “o mais preocupante é que, juntamente com essa elevação da carga tributária, poderão vir novos aumentos de impostos, o que pode agravar a situação financeira das empresas e dos consumidores”. A marca de R$ 1,3 trilhão equivale ao montante pago em impostos, taxas e contribuições no país desde o primeiro dia do ano. O dinheiro é destinado à União, aos estados e aos municípios.

O Impostômetro completou uma década neste ano. O painel eletrônico que calcula a arrecadação em tempo real está instalado na sede da associação, na Rua Boa Vista, região central da capital paulista. O objetivo da ferramenta é conscientizar o cidadão sobre a alta carga tributária e incentivá-lo a cobrar os governos por serviços públicos de qualidade.

Pelo portal www.impostometro.com.br, é possível descobrir o que dá para os governos fazerem com todo o dinheiro arrecadado. Por exemplo, quantas cestas básicas é possível fornecer, quantos postos de saúde podem ser construídos. No portal também é possível levantar os valores que as populações de cada estado e município brasileiro pagaram em tributos.

Fonte: G1