O município de Hidrolândia receberá duas montadoras de veículos. O governador Marconi Perillo e o superintendente Executivo da Secretaria da Indústria e Comércio, Rafael Lousa, assinaram ontem o protocolo de intenções com as empresas CFS Indústria e Comércio de Veículos Automotivos Ltda. e Jamp Indústria e Comércio Ltda..

Com início das operações previsto para 2017, as duas empresas vão investir R$ 300 milhões no município e a previsão é de geração de 3.500 empregos diretos e indiretos, mais de 1.000 na fase de construção.

As duas empresas, com sede no município de Ouvidor, são empreendimentos dos empresários Paulo Arantes Ferraz e Antônio Masao Shoji. Por questões estratégicas e de mercado, eles decidiram adiar o anúncio do nome das marcas dos veículos que serão montados em Hidrolândia.

Com a chegada das duas novas montadoras, Goiás, que já é o quinto polo metalmecânico do País, caminha para ocupar a segunda colocação, agora com seis montadoras de veículos e uma montadora de tratores.

Segundo Marconi, a escolha do Estado de Goiás pelos investidores para a instalação das duas montadoras se deu após criterioso mapeamento de todo o País. “Goiás se destacou nas vantagens comparativas”, disse.

O prefeito de Hidrolândia, Paulo Sérgio de Rezende, comemorou a vinda das duas montadoras para o município, que vão gerar emprego e renda para Hidrolândia.

Fonte: O Popular