O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta segunda-feira (6) que, até o final de 2017, deve começar a funcionar um sistema que vai simplificar o pagamento de tributos por empresas no país.

De acordo com ele, o sistema, que já está em teste em algumas cidades, deve, além e tornar mais rápido o processo de pagamento, proporcionar economia às empresas.

“Hoje as empresas despendem recursos humanos e técnicos importantes simplesmente para conseguir pagar os impostos corretamente. Estamos fazendo um esforço muito grande de reformulação de normas, de regulamentos da Receita Federal, de sistemas eletrônicos, de maneira que o pagamento de impostos possa ser feito de maneira simples e rápida”, disse Meirelles.

O ministro deu a informação a jornalistas após cerimônia no Palácio do Planalto em que foram anunciadas mudanças no programa Minha Casa, Minha Vida.

Reforma tributária

Meirelles também disse que o governo trabalha num projeto de reforma tributária, mais abrangente. De acordo com ele, porém, ainda não há prazo para que a proposta seja enviada ao Congresso.

“Estamos também trabalhando numa outra coisa da maior importância no sentido de racionalizar, de simplificarmos toda a estrutura tributária do país”, disse ele.

O ministro disse acreditar que o momento é propício para o governo promover a reforma tributária. Segundo ele, esse sinal vem do fato de projetos “julgados como impossíveis” de serem aprovados, como o que fixou um teto para gastos públicos, terem sido aprovados pelo Congresso.

Fonte: G1