Depois de amargar, ao longo do ano passado, cinco aumentos expressivos dos preços do litro da gasolina e do etanol, consumidores começam a encontrar os produtos mais baratos em alguns postos da capital. O preço mais baixo do litro do etanol foi encontrado a R$ 1,99 e o mais alto, R$ 2,23 – uma diferença de R$ 0,24 por litro. Já a gasolina pode ser encontrada de R$ 2,97 a R$ 3,19. O movimento ainda é tímido, mas já refletiu na elevação do volume de vendas nos postos de combustíveis.

Frentistas e gerentes de postos não souberam explicar o motivo da queda de preços nas bombas. Nos bastidores, a explicação seria o julgamento, na semana passada, dos 17 postos de combustíveis cujo aumento dos preços nas bombas, em setembro de 2013, foi considerado abusivo.

Segundo informações do Procon Goiás, todos foram multados, embora o órgão não tenha divulgado as cifras, já que os proprietários ainda não foram notificados do valor da multa.

PRÁTICA

Na prática, o preço do litro do etanol vendido na usina manteve-se praticamente estável ao longo do mês passado. No dia 3 de janeiro era vendido a R$ 1,14. No último levantamento do mês, estava a R$ 1,16. O mesmo ocorreu com o etanol anidro, componente de 25% da gasolina. O litro do produto foi vendido a R$ 1,44 no início de janeiro e a R$ 1,46 no último dia 31.

Apesar de alguns estabelecimentos terem, aparentemente, diminuído sua margem de lucro, o levantamento de preços realizado semanalmente pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em Goiânia, mostra que o preço médio do litro da gasolina caiu de R$ 3,13 para R$ 3,12. Conforme o órgão, o valor mais baixo do litro da gasolina caiu de R$ 3,04 para R$ 2,99 e o mais alto permanece a R$ 3,19 – o sexto mais elevado de todas as capitais do País.

Durante a tarde de ontem, por duas horas, a reportagem do POPULAR levantou o preço de 23 postos de combustíveis localizados nos setores Parque Amazônia, Bueno, Jardim América, Centro, Oeste, Marista e Aeroporto. Desses, a maioria adota o valor de R$ 3,17 para o litro da gasolina e R$ 2,17 para o do etanol. Mas alguns reservaram boas surpresas.

MAIS BAIXO

Em três postos no Setor Oeste a gasolina está sendo comercializada a R$ 2,97 – valor R$ 0,22 mais baixo que o encontrado em um posto instalado a poucos metros. Já o etanol podia ser encontrado a R$ 2,01. Antes, os preços da gasolina e do etanol eram de R$ 3,14 e R$ 2,14, respectivamente. A redução foi de 5,41% para gasolina e de 6,07% para o etanol. “Não sei porque abaixou o preço, mas o movimento já melhorou. Não dá tempo nem de descansar”, explica o frentista de um posto.

Em um outro estabelecimento, também no Setor Oeste, somente o preço do etanol teve queda (R$ 1,99). A gasolina não apresentou alteração, permanecendo a R$ 3,14. “Não sabemos o motivo da queda do valor, se foi feito alguma negociação melhor com a distribuidora. Além disso, acredito que o preço da gasolina também deve cair nos próximos dias, já que sempre que o preço do etanol cai, a gasolina também diminui”, explica a gerente de um posto de combustíveis.

Outro estabelecimento que registrou recuo nos preços está localizado no Setor Bueno. Lá, a gasolina baixou de R$ 3,07 para R$ 3,01 – um recuo de -1,95%. O etanol, de R$ 2,07 para R$ 2,01 – queda de 2,89%.

O consumidor Francisco Alves afirma que sempre encontra diferenças entre um e outro posto, escolhendo o mais barato. “Quando preciso abastecer, observo a diferença de preço”, afirma o consumidor.

Fonte: O Popular