O Nível de Utilização de Capacidade Instalada (Nuci) da indústria perdeu força novamente em março e atingiu 84,3%, após alcançar 84,5% em fevereiro, na série com ajuste sazonal, segundo informou hoje a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Esta foi a terceira queda consecutiva do Nuci, que foi igual ao de março de 2010.

Hoje, a instituição também anunciou o Índice de Confiança da Indústria (ICI), indicador-síntese da Sondagem Conjuntural da Indústria de Transformação. O ICI caiu 0,1% em março ante fevereiro. A FGV informou ainda que a média do primeiro trimestre de 2011 do Nuci supera em 0,5 ponto porcentual a de igual trimestre de 2010. No entanto, a FGV informou que o Nuci médio do primeiro trimestre deste ano está 0,5 ponto porcentual abaixo do Nuci médio do ano passado (84,8%).

Na série de dados sem ajuste sazonal, o nível de uso de capacidade na indústria em março foi de 83,5%, inferior ao apurado em fevereiro, quando atingiu 83,7%. O resultado de março, neste caso, é o menor desde janeiro deste ano (83,1%).

Fonte: Portal G1 de notícias