Empresas alegam que a produtividade é suficiente para atender a demanda deste ano

O porcentual de indústrias brasileiras que pretendem investir caiu de 83% em 2013 para 78,1% neste ano, segundo pesquisa divulgada ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Trata-se da menor intenção de investimento desde 2010, quando a pesquisa teve início.

No ano passado, 79,7% das empresas investiram. Porcentual bem próximo dos 78,7% registrados em 2012.

Segundo o levantamento, 82,9% das empresas consideram que a capacidade produtiva atual está adequada ou mais do que adequada para atender à demanda prevista para 2014.

Entre as empresas que pretendem investir, 55,8% têm planos de tocar projetos já iniciados e 37,6% querem iniciar novos projetos.

Apenas 3,6% farão investimentos com foco no mercado externo. O porcentual de empresas cujos investimentos são voltados somente ou principalmente para a exportação vem caindo, segundo o estudo. Em 2010, era de 5,1%.

Ainda entre aquelas que têm planos de investir neste ano, 91,9% planejam comprar máquinas e equipamentos, porcentual similar ao do ano passado. Dessas, 62,1% têm intenções de importar esses produtos, menos do que os 73,7% de 2013.

Fonte: O Popular