O valor é menor do que os US$ 5,2 bilhões registrados em janeiro do ano passado, mas muito superior aos US$ 347 milhões apurados em dezembro

As empresas brasileiras captaram US$ 4,8 bilhões com a emissão de títulos de dívida no mercado internacional em janeiro, segundo levantamento divulgado nesta quinta-feira (7) pela Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). O valor é menor do que os US$ 5,2 bilhões registrados em janeiro do ano passado, mas muito superior aos US$ 347 milhões apurados em dezembro.

No mercado interno, as operações em renda fixa e variável somaram apenas R$ 2,1 bilhões no mês passado, valor muito menor do que os US$ 9,1 bilhões obtidos pelas companhias nacionais através da emissão de títulos de dívida em janeiro de 2011.

OPERAÇÕES RENDA FIXA

As captações apenas com títulos de renda fixa somam R$ 1,3 bilhão em 2013, considerando as operações no mercado interno. As debêntures (títulos de dívida de longo prazo) lideraram as ofertas do primeiro mês deste ano, movimentando R$ 728 milhões em quatro operações.

Em seguida, as emissões de notas promissórias geraram um volume de R$ 450 milhões em seis ofertas. Em janeiro de 2012, as captações com debêntures e notas promissórias haviam sido de R$ 4,7 bilhões e R$ 2,4 bilhões, nesta ordem.

AÇÕES

Ao contrário de janeiro de 2011, quando não houve oferta de ações, no mês passado foi realizada a oferta da Estácio Participações e o leilão de sobras de ações da Ideiasnet, que somaram R$ 770 milhões.

O valor é baixo, porém, quando comparado aos R$ 2,9 bilhões captados por empresas brasileiras através de operações com ações em dezembro de 2012.

Fonte: Folha.com