Imagem meramente ilustrativa

A direção da empresa DHG Direções Hidráulicas Goiânia Ltda. é um exemplo de prática de ato antissindical combatida pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) ao proibir que seus empregados tenham contato com os representantes do sindicato da categoria. Para impedir os operários de se organizarem junto ao seu órgão representativo, como previsto na Constituição, a empresa faz ameaças de demissão.

Quem não deve, não teme. Recentemente chegou denúncia de que a empresa não está fornecendo o café da manhã e o lanche da tarde nos termos estabelecidos na convenção coletiva da categoria.

Outra queixa apresentada pelos trabalhadores é que a empresa não dispõe de bebedouro e os mesmos consomem água de torneira, o que vai contra as normas da vigilância sanitária. O sindicato enviou ofício à DHG dando um prazo de 10 (dez) dias para que ela solucionasse os problemas, no entanto a empresa não se manifestou e o caso já está com o Departamento Jurídico.