Outra negociação entre sindicato e representantes da empresa será marcada para definir nova proposta

Ocorreu na tarde da quarta-feira, 6 de dezembro, a assembleia com os trabalhadores da Química Amparo para a votação da continuidade do banco de horas e o reajuste do Visa Vale. Os 187 empregados recusaram o valor proposto pela empresa para o vale alimentação e concordaram com a permanência do banco de horas. O presidente, a equipe de Base e o advogado do SindMetal-GO participaram da assembleia para garantir que tudo ocorresse de forma correta e segura.

A votação para o reajuste anual do Visa Vale ocorreu de forma secreta. Foram 31 votos a favor e 156 contra a proposta da empresa de reajustar o benefício em R$ 3,11. O valor corresponde a 1,83%, na taxa da inflação no mês de novembro. Em contrapartida, a votação para o banco de horas foi aberta a pedido dos próprios trabalhadores, que concordaram em receber o acordo de compensação.

 

A nova legislação permite que empregadores e empregados façam acordos individuais, sem intervenção do sindicato. Entretanto, os empresários e trabalhadores da Química Amparo solicitaram a mediação do SindMetal-GO na negociação. O presidente da entidade, Eugênio Francisco, reafirmou o comprometimento da entidade: “Trabalhamos com transparência e seriedade nas negociações. Estamos aqui para fazer o melhor pelo trabalhador e mostrar o lado bom e ruim de cada escolha”. Outra negociação entre o Sindicato e a empresa definirá nova proposta.