08/06/2016

Acabou não dando em nada a greve decretada para esta quarta-feira, 8 de junho pelos empregados da Metalplac Metalúrgica Comércio e Indústria Ltda. Enquanto o proprietário espertinho, fingia negociar com o sindicato as reivindicação dos grevistas, ele passava o bico nos trabalhadores pedindo um voto de confiança. Chegou a fazer um proposta na reunião com a entidade sindical, mas afirmou que  não assinaria o acordo pois tinha medo de não dar conta de cumprí-lo.


Presidente da entidade conversa com empregados sobre contraproposta

Em assembleia realizada pelo sindicato na tarde da terça-feira (ontem) na sede da empresa a comissão de negociação foi surpreendida pelos operários que acreditaram na promessa do empresário e decidiram suspender o movimento. Há cerca de dois anos o salário dos obreiros estão sendo pagos com significativo atraso e o Fundo de Garantia não está sendo depositado em suas contas vinculadas.


Trabalhadores analisam a proposta feita pelo empresário e decidem não entrar em greve

O operador de máquinas, Severino Gomes, diz ter sido prejudicado com os atrasos do pagamento. “A empresa só dá vale. Tive que pegar dinheiro emprestado com meu filho para pagar o aluguel e fazer a despesa da casa”, relata. O pintor, Pedro Henrique, diz que aceitar a contraproposta é dar uma chance para o empresário, mas deixou claro que “será somente uma chance, se ele não cumprir com o combinado entramos em greve”, avisa.