Foi encerrada na tarde desta terça-feira, 5 de julho, a greve dos empregados da Ronaldo Manzi – Etos Construções Ltda. O movimento teve início no dia 30 de junho após atrasos recorrentes no pagamento dos salários. A decisão pelo encerramento partiu dos próprios trabalhadores, que aprovaram a proposta da empresa para regularizar a situação.

No acordo assinado com o sindicato, a empresa se compromete a pagar os salários anteriores ao mês de maio de 2016 impreterivelmente até o dia 6 de julho de 2016. Os salários do mês de junho serão pagos até o dia 20 de julho. Do mês de agosto em diante, o pagamento será feito de acordo com a lei: até o quinto dia útil de cada mês. O acordo prevê ainda a regularização do FGTS dos empregados junto à Caixa Econômica Federal no prazo máximo de 60 dias.

Os dias parados não serão descontados no salário dos empregados, incluindo o prêmio por assiduidade e pontualidade previsto na Convenção Coletiva. Para que irregularidades dessa natureza não se repitam, o sindicato incluiu no acordo uma cláusula que prevê o pagamento de multa diária caso os salários voltem a atrasar. Com o fim da greve, os empregados devem retornar ao trabalho na manhã da quarta-feira, 6 de julho.