A Consolidação das Leis Trabalhistas garante que o pagamento dos salários mensais aos trabalhadores deve ser feito até o quinto dia útil de todo mês. Mas não é o que tem acontecido na Indústria Metalúrgica Brasil Ltda. Os empregados reclamam que, além de receber o pagamento do mês trabalhado com atraso, a empresa ainda os obriga a registrar no contracheque a data retroativa, conforme a lei.  

Nesse caso, o Sindicato encaminhou um ofício à Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Goiás (SRTE/GO), requerendo uma auditoria fiscal. É o órgão competente para a fiscalização, autuação e estabelecimento de pena para empresa inadimplente, inclusive multa pecuniária.

Para que essas e outras irregularidades cheguem ao conhecimento da entidade, a direção do Sindicato criou vários canais de denúncias. Um dos mais utilizados é o WhatsApp, pelo número (62) 8177-0077. Ainda é possível comparecer pessoalmente ao departamento jurídico na sede do SindMetal-GO (Rua 29A, Setor Aeroporto). O anonimato do denunciante é garantido.

 
Fonte: Núcleo de Jornalismo e Assessoria de Imprensa