A Receita Federal deve liberar na semana que vem, na internet, o Programa do Imposto de Renda (IR) 2014 para que os contribuintes possam antecipar o preenchimento da declaração do IR referente a 2013. O prazo de entrega dos dados fiscais este ano só deve ser iniciado no dia 5 de março, depois do carnaval, e vai até 30 de abril.

Estão obrigadas a prestar contas com o Fisco todas as pessoas físicas que tiveram rendimentos brutos tributáveis no ano passado superiores a R$ 25.661,70 (4,5% a mais do que em 2012). Para o contribuinte que ainda não se organizou, este é um momento importante para juntar os documentos pessoais e de dependentes necessários ao preenchimento da declaração.

Quem se antecipa na entrega das informações leva vantagem na hora da restituição, porque é incluído nos primeiros lotes de pagamento e recebe o dinheiro mais rapidamente. Além disso, ganha tempo para corrigir eventuais problemas dentro do prazo legal de envio dos dados para a Receita e evita ter de fazer declaração retificadora.

Dentre os principais documentos, estão os comprovantes de rendimentos (salário, aposentadorias, aluguéis), de despesas dedutíveis (como gastos médicos, educacionais, de previdência privada) e de alterações no patrimônio físico (propriedades e bens duráveis, dentre outros), informa o supervisor do Programa do Imposto de Renda da Receita Federal em Goiânia, Jorge Martins.

“É muito comum os contribuintes se esquecerem dos recibos ou notas fiscais dos serviços médicos ou dentários que utilizaram e também dos pagamentos de matrículas e mensalidades escolares”, ressalta.

O programa da declaração do IR pode ser baixado na página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov. br). No ano passado, cerca de 770 mil goianos prestaram contas com o Leão.

NOVIDADES

O limite de deduções no Imposto de Renda de 2013 é de R$ 2.063,64, por dependente. O teto do desconto para as despesas com educação é R$ 3.230,46. Possíveis novidades ou mudanças no programa deste ano devem ser anunciadas na próxima semana, quando os supervisores de IR de todas as delegacias regionais da Receita do País se reunirão para tratar do assunto.

Uma delas é que cerca de 1 milhão de contribuintes que possuem certificado digital (que custa, no mínimo, R$ 100) poderão preencher a declaração de IR automaticamente. Para isso, só precisam de validação. Esse é um recurso que, futuramente, deve ser estendido a todos os trabalhadores que optam pela declaração no modelo simplificado.

PATRÕES

Para a Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF), obrigatória a todas as e empresas e pessoas físicas que realizaram pagamentos a funcionários ou empregados domésticos com retenção de imposto em 2013, o prazo termina dia 28 de fevereiro. A transmissão da DIRF só pode ser feita pelo site da Receita. O prazo é o mesmo para o envio do Informe de Rendimentos aos trabalhadores e clientes pessoas físicas de bancos, corretoras, planos de saúde a áreas afins.

A multa para as empresas que fazem parte do Simples Nacional e as que estão inativas que deixarem de apresentar a DIRF é de, no mínimo, R$ 200. Já para as demais pessoas jurídicas a penalidade é a partir de R$ 500.

Fonte: O Popular