Confederação Nacional dos Metalúrgicos tem nova presidente

Nesta sexta-feira, 20 de maio de 2011, o presidente do SindMetal-GO, Roberto Ferreira, publicou uma nota de apoio e solidariedade à Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM). No último dia 13 de maio, Mônica de Oliveira Lourenço Veloso, assumiu a presidência da entidade, após o ex-presidente Clementino Tomaz Vieira ter se afastado de suas atividades por mais de 50 dias consecutivos, sem justificativa.

Roberto, que foi um dos fundadores da CNTM, reitera que o ocorrido deixou a estrutura do movimento sindical brasileiro abalado.

Leia a nota publicada pelo SindMetal-GO:

 

Diretores, funcionários, assessores, ativistas e trabalhadores da categoria representada pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Goiânia – SindMetal-GO – , com base de representação nos municípios de: Goiânia, Aparecida de Goiânia, Guapo, Goianápolis, Trindade, Nerópolis, Goianira, Leopoldo de Bulhões e Inhumas-Goiás, vem a público apresentar seu total e irrestrito apoio a atual diretoria da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM), pelo lamentável fato ocorrido em sua administração, que culminou com a declaração de “abandono” do presidente eleito daquela laboriosa entidade, o companheiro Clementino Tomaz Vieira –  após cinqüenta dias consecutivos de ausência, sem justificativa.

Ao mesmo tempo externamos nossa solidariedade, companheirismo e respeito à companheira Mônica de Oliveira Lourenço Veloso, vice-presidente eleita que, em 13 de maio do fluente ano, nos termos do disposto no Estatuto Social da entidade, assumiu o cargo de Presidente da Confederação. 

Na qualidade de entidade-fundadora da nossa honrosa CNTM, apesar de, no momento, não nos encontrarmos a ela filiados, jamais poderíamos deixar de nos manifestar neste momento em que não só o movimento sindical metalúrgico, mas toda a representação da classe trabalhadora do País, sente os efeitos dos tremores causados pelo abalo meteórico da organização dos trabalhadores brasileiros.

À presidente empossada, aos órgãos de administração, fiscalização e representação, às federações e sindicatos filiados e a todos que direta ou indiretamente contribuem para o crescimento e o engrandecimento da nossa querida Confederação, colocamos à disposição toda a estrutura do SindMetal-GO para quaisquer ações que se fizerem necessárias à manutenção dessa organização que luta incessantemente para se obter a tão sonhada paz e prosperidade social.

Contem conosco!

 

 

Veja também:

>> Trabalhadores da Hypermarcas decretam greve

>> SindMetal-GO realiza 12º Curso de Legislação Trabalhista

>> Assista ao Programa Metalúrgicos em Ação

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do SindMetal-GO